quarta-feira, 28 de abril de 2010

LAZER: 190 pescadores participaram do campeonato Municipal de Pesca Amadora na Lagoinha

Neste último domingo, dia 25, o Campeonato Municipal de Pesca Amadora, reuniu várias pessoas na Lagoinha, proporcionando um ambiente descontraído para os presentes. Promovido pela Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo, o evento contou com 190 participantes inscritos. Com início às 9h e encerramento no meio-dia, o pescador que ficou em primeiro lugar foi Donizete Ferreira de Melo, com 20 kg pescados, o segundo colocado foi Ronaldo Batista Siqueira, com 12,8 kg e em terceiro ficou Claudio Ferreira Paulino, com 12,5 kg. Após o campeonato foi liberado a pesca para os demais até as 18h. O maior peixe com 2,4 kg, foi pescado por Leonardo Silva.
A estimativa é de que mais de 1 tonelada de peixes foi retirada da Lagoinha durante o evento

Donizete: Vencedor do Campeonato, pescou 20 kg de peixe em 3 horas

Leonardo: Troféu por ter pescado o maior peixe

Um grande do público esteve presente

Fotos: Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo

segunda-feira, 26 de abril de 2010

SAÚDE: USF's fazem campanhas de Hipertensão em Paraíso

USF de São Sebastião do Paraíso realizam nos dias 26 e 27 de abril, eventos em comemoração ao Dia Nacional de Combate a Hipertensão Arterial. Os usuários poderão, à partir das 8h, participar de caminhadas e palestras de conscientização sobre o tratamento de hipertensão. Segundo informações disponibilizadas pela secretaria municipal de saúde, as doenças cardiovasculares causaram no país em 2008, 30% dos óbitos, contra 15% devidos ao câncer e 12,4% por causas externas. A hipertensão afeta mais de 30 milhões de brasileiros, sendo que, 36% são homens adultos e 30% das mulheres. O fator mais importante de risco para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares, com destaque para o acidente vascular cerebral (AVC) e o infarto do miocárdio, as duas maiores causas de mortes isoladas no país. Cerca de 80% dessas mortes ocorrem em países em desenvolvimento, como o Brasil, sendo que mais da metade das vítimas têm entre 45 e 69 anos.