sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

RECEITA DE HOJE

Lasanha com leite


Ingredientes:

500gr de massa de macarrão para lasanha
1,5 litro de molho vermelho simples ou bolonhesa
1 litro de molho branco
600gr de presunto fatiado
800gr de mussarela ralada ou fatiada
250ml de leite
 
Modo de preparo

Peque uma assadeira ou refratário de sua preferência, forre com um pouco de molho vermelho, e em seguida com um pouco de molho branco, em cima coloque uma camada de macarrão de lasanha, em seguida molho vermelho , mussarela, molho branco, macarrão, molho vermelho, presunto, mussarela, molho branco, faça até 1 dedo antes da borda, e a ultima camada tem que ser de molho e mussarela. Pegue o leite e va despejando bem devagar em cima e nas bordas, cubra com papel alumínio e leve a geladeira de um dia para o outro, no outro dia retire da geladeira e leve ao forno médio por aproximadamente 30 minutos, retire o papel aluminio deixe dourar e sirva. 
 
Fonte: tvgglobo.com

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

ANOTE A DICA

Dica para que o arroz se solte do fundo da panela

- Quando acabar de cozinhar o arroz, ao retirar a panela do fogo, coloque-a sobre um pano "molhado" em água fria.

Notas sobre a dica:
- O pano deve estar húmido (úmido) mas tem de estar frio.
- Com esta dica, o arroz que estava colado no fundo da panela vai deixar de o estar.
 
Dica nº 1 para remover o cheiro do arroz queimado

- Mude o arroz que não está queimado para outro recipiente.
- Tire a casca a uma cebola média. Corte a cebola ao meio e coloque-a no meio o arroz. Deixe dentro da panela, a atuar, por cerca de quinze minutos.
 
Dica nº 2 para remover o cheiro do arroz queimado

- Mude o arroz que não está queimado para outro recipiente.
- Abra a tampa da panela, coloque um pedaço de pão em cima do arroz e volte a tapar. Deixar atuar por cerca de dez minutos para que o pão absorva o cheiro de queimado.

Dica para cozinhar um arroz mais gostoso

Ao cozinhar o arroz, acrescente um ramo de tomilho e uma a duas folhas de louro. Após o arroz estar cozinhado, retire as folhas de louro e o ramo de tomilho.
 
Dica para o arroz ficar soltinho

Deite algumas gotas de limão na água onde está a cozer o arroz.

Se não tiver limão pode usar vinagre.
Resulta igual

Fonte: utildicas.blogspot.com.br

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

MOMENTO SAÚDE

DEPRESSÃO

A depressão é uma doença que entra em cena quando o sofrimento vem do nada ou é completamente desproporcional ao motivo que o disparou, se arrastando por meses e até anos. Essa triste realidade abala cerca de 340 milhões de pessoas no mundo - algo entre 2% e 5% da população. A Organização Mundial da Saúde calcula que em vinte anos a depressão ocupará o segundo lugar no ranking dos males que mais matam. Além de comprometer o jeito como a pessoa vê o mundo, a doença afeta a própria saúde física, abrindo caminho para vários outros problemas. Há risco de suicídio, que atinge entre 15% e 20% dos deprimidos. A boa notícia é que, com tratamento médico, 70% desses pacientes se curam.

O diagnóstico é essencialmente clínico. O médico suspeita de depressão quando o paciente apresenta quatro ou cinco sintomas clássicos que persistem por semanas. E não espere aquele quadro típico de alguém prostrado na cama. Alguns já ficam atentos para quem simplesmente não sente prazer nas coisas ou não vibra com a vida. Não há nenhum exame que aponte a depressão. Infelizmente, muitos pacientes ainda custam a reconhecer que precisam de ajuda e muitos médicos ainda acham que a depressão é uma mera conseqüência de algum outro problema da pessoa.

Sintomas

• Tristeza profunda

• Falta de prazer

• Perda ou ganho de peso

• Alterações no sono

• Cansaço

• Sentimentos de ruína ou fracasso que levam a pensamentos de culpa ou morte

• Alterações nas relações sociais

• Perda de interesse pelas coisas

• Retardo motor, dificuldades de atenção e de memória

• Pessimismo exacerbado

Tratamento

Quem sofre de depressão não consegue levantar a cabeça sem ajuda profissional. De nada adianta insistir que a saia, viaje ou conheça novas pessoas. Mas com um bom acompanhamento a grande maioria delas consegue superar o drama. Os medicamentos vão reequilibrar as substâncias em desequilíbrio no cérebro. Mas nenhuma delas está livre de efeitos colaterais e a escolha vai depender de cada paciente. Uma vez iniciado o tratamento, a pessoa (e sua família) deve vencer outro desafio: dar tempo ao tempo, já que os remédios podem levar semanas até surtir efeito. Ao lado dos medicamentos, a psicoterapia é fundamental. Os casos mais brandos podem ser aliviados também com mudanças no estilo de vida, incluindo exercícios leves, relaxamento, meditação e acupuntura. Mas atenção: esses recursos são coadjuvantes e não dispensam os remédios sem o aval do médico.

Fatores de Risco

Levando em conta a predisposição genética, os estudos apontam quem é mais vulnerável à depressão:

• Quem tem história familiar
• Pessoas da raça branca  
• Quem passou por acontecimentos - como perdas, lutos e stress - que podem desencadear ou agravar
• Quem tem personalidade tímida, introspectiva e insegura
• Pessoas que tiveram muitas experiências de fracasso na vida
• Mulheres, principalmente pós menopausa
• Gravidez e parto
• Pessoas que têm pouco convívio social e relações mais desestruturadas

Causas

Não se trata de pessimismo ou de simples cara amarrada. A depressão envolve alterações químicas no cérebro. . Há quem diga que os genes são o fator de risco mais importante. No cérebro do deprimido as moléculas responsáveis pelo bem-estar estão em constante baixa - ao contrário das demais pessoas que enfrentam essa baixa, por algum motivo específico, e a tristeza some em poucas semanas. Também certos remédios, drogas, doenças neurológicas, cardiovasculares, infecciosas e até tumores. As oscilações hormonais também têm sua parcela de culpa - o que ajuda a explicar por que o problema é duas vezes mais comum nas mulheres e por que costuma aparecer na gravidez e no pós-parto, períodos de turbulência hormonal.

Complicações

Estudos mostram que os deprimidos têm mais chance de desenvolver outras doenças, como males cardíacos e derrame. Tanto que há quem diga que ela deve ser colocada ao lado da hipertensão e do colesterol alto no que diz respeito à saúde do coração. Tumores e infecções pela queda de imunidade também acabam encontrando um terreno fértil nesses pacientes.
Se você sente que se encaixa pelo menos um pouco nisso tudo que foi falado, procure um médico, pois quanto mais cedo começar o tratamento, maior é a chance de cura.

PROGRAMA BOM DIA FAMÍLIA: ANOTE A DICA

Checklist de limpeza diária

Cozinha

O primeiro passo para manter a cozinha limpa e organizada é manter a pia vazia. Por isso, não deixe acumular louça suja e procure estabelecer uma hora do dia para fazer isso, normalmente, logo pela manhã.

Outra sugestão é executar uma limpeza leve na cozinha, limpando os armários, o fogão e a pia com um pano úmido para retirar o acúmulo de sujeira. Não se preocupe em limpar a parte de dentro dos armários, retirando potes e panelas, apenas limpe o tampo e as portas.

Além disso, tire o lixo e elimine as “marcas problema”, ou seja, limpe rapidamente qualquer mancha causada por ter derramado algo no chão ou pontos de gordura os quais podem acumular mais sujeira. Deixe para passar pano ou lavar o chão da cozinha no final de semana.

Portanto, na cozinha, lembre-se de:
Lavar a louça;
Executar a limpeza leve dos armários, fogão e pia;
Tirar o lixo;
Eliminar “manchas problema”.
 
Banheiro

Após escovar os dentes e lavar o rosto pela manhã, aproveite o tempo para limpar a pia do banheiro. O ideal é sempre deixar um pano ou papel toalha disponíveis para este fim, guardados dentro do armário. Faça uma limpeza rápida.

Sempre que notar resquícios de pasta de dente ou outros produtos de higiene no espelho, limpe-os. Você pode utilizar os mesmo pano ou papel toalha utilizados para a limpeza da pia.

Aproveite o tempo em que está no banheiro para limpar também o vaso sanitário, utilizando uma escova própria para este fim. Além disso, utilize o mesmo pano da pia e do espelho para limpar o assento, no entanto, deixe para limpá-lo por último.

No banheiro, lembre-se de:
Limpar a pia e o espelho;
Limpar o vaso sanitário e o assento.
 
Quartos

Primeiro passo: arrume a cama. Esta tarefa não deve levar mais do que 30 segundos e evita o desconforto causado pela impressão de um quarto bagunçado. Depois disso, guarde e pendure as roupas e os objetos, como brincos e colares, que estejam esparramados. Por fim, dê um jeito no seu criado-mudo: leve copos e garrafas d’água para a cozinha e guarde óculos e livros de leitura. Não se esqueça de abrir as janelas para ventilar e sempre que possível tirar o pó dos aparelhos eletrônicos.

Nos quartos, lembre-se de:
Arrumar a cama;
Guardar roupas e objetos;
Organizar o criado-mudo;
Abrir as janelas;
Tirar o pó.
 
Salas

Na sala de estar, organize o sofá, retirando os objetos, as migalhas e sujeiras acumuladas sob o móvel. Aproveite também para ajeitar as almofadas. Depois disso, concentre-se em eliminar a sujeira dos outros móveis, como a mesa de centro, a estante e outros armários. Execute uma limpeza leve, passando panos úmidos para tirar o pó e outras sujeiras. Aproveite para limpar os aparelhos eletrônicos, como a TV, por exemplo.

Por fim, nos quartos, lembre-se de:
Organizar e limpar o sofá;
Eliminar a sujeira dos móveis;
Limpar aparelhos eletrônicos.

Pequenas tarefas como essas facilitam o dia-a-dia e evitam o acúmulo de sujeira e o desconforto causado por uma casa desorganizada. No entanto, é importante lembrar que uma limpeza mais elaborada também deve ser feita. Lavar o banheiro, limpar os armários e os eletrodomésticos, lavar cortinas e travesseiros são tarefas indispensáveis, porém, devem ser realizadas com mais tempo e de preferência nos finais de semana.

Fonte: www.dicasdemulher.com.br

PROGRAMA MANHÃ SERTANEJA: MEMÓRIA SERTANEJA

Pascoal Zanetti Todarello, o Belmonte, nasceu em Barra Bonita-SP no dia 02/11/1937 e faleceu num acidente de carro em Santa Cruz das Palmeiras-SP no dia 09/09/1972. Domingos Amaraí Sabino da Cunha, o Amaraí, nasceu em Rui Barbosa-BA em 1940.
Belmonte, conhecido carinhosamente como Lico em Barra Bonita-SP, formou duplas com Belmiro e também com Miltinho Rodrigues (que mais tarde, por sua vez, formou dupla com Tibagi: a famosa dupla Tibagi e Miltinho).
Domingos Sabino, por outro lado, com apenas 16 anos, em Rio Verde-GO, já cantava em dupla com Amoroso. A dupla foi desfeita e Amaraí seguiu para São Paulo-SP, onde passou a se apresentar sozinho, cantando na noite. Amaraí também chegou a formar dupla com Tibagi, algum tempo depois.
Com apenas 16 anos, Belmonte também já se aventurava pela capital paulista atrás do sonho de cantar; e foi com 18 anos que conheceu Belmiro e formou com ele a dupla "Belmiro e Belmonte", dupla essa que gravou o LP "Aquela Mulher", pela gravadora Sabiá, e que foi o primeiro disco na carreira artística de Belmonte.
O sucesso demorou e só chegou em 1964, quando Belmonte, já com 26 anos de idade, conheceu o Amaraí no “Café dos Artistas”; formou-se a célebre dupla “Belmonte & Amaraí”, a qual se apresentava em casas noturnas e bares, interpretando os mais diversos estilos musicais, em diversos idiomas.
No ano seguinte, Nenete (da dupla Nenete e Dorinho), sendo diretor artístico da gravadora RCA (hoje BMG), propôs à dupla o contrato de gravação. E em 1966 Belmonte e Amaraí lançaram o primeiro LP, no qual o sucesso da faixa-título "Saudade de Minha Terra" (Goiá e Belmonte) se encarregou de imortalizar a dupla. E foram mais de 1.650.000 cópias vendidas, número até hoje raramente igualado.
No pouco tempo que durou, a dupla Belmonte e Amaraí deixou sua história na música caipira raiz e, obviamente não poderemos jamais mencioná-los sem citar o grande sucesso "Saudade de Minha Terra" (Goiá e Belmonte) que se tornou um clássico da música caipira raiz, gravado também por inúmeros outros intérpretes tais como Sérgio Reis, Liu e Léu, Chitãozinho e Xororó, e até mesmo em versões instrumentais, a cargo de Ivan Vilela, em solo de viola e Laércio Ilhabela, em solo de violão.
Eis abaixo a letra da belíssima "Saudade de Minha Terra" (Goiá e Belmonte):

De que me adianta viver na cidade
Se a felicidade não me acompanhar,
Adeus paulistinha do meu coração,
Lá pro meu sertão eu quero voltar,
Ver a madrugada quando a passarada
Fazendo a alvorada começa a cantar,
Com satisfação, arreio o burrão,
Cortando o estradão, saio a galopar,
E vou escutando o gado berrando,
Sabiá cantando no jequitibá.

Por Nossa Senhora, meu sertão querido,
Vivo arrependido por ter te deixado,
Essa nova vida aqui na cidade
De tanta saudade eu tenho chorado,
Aqui tem alguém, diz que me quer bem,
Mas não me convém, eu tenho pensado,
Eu vivo com pena, pois essa morena
Não sabe o sistema que eu fui criado,
Tô aqui cantando, de longe escutando
Alguém está chorando com o rádio ligado.

Que saudade imensa do campo e do mato,
Do nosso regato que corta as campina,
Aos domingo eu ia passear de canoa
Nas lindas lagoas de águas cristalinas,
Que doce lembrança daquela festança
Onde tinha dança e muitas meninas,
Eu vivo hoje em dia sem ter alegria,
O mundo judia mas também me ensina,
Estou contrariado, mas não derrotado,
Eu sou bem guiado pelas Mãos Divinas.

Prá minha mãezinha já telegrafei
Que já me cansei de tanto sofrer,
Essa madrugada estarei de partida
Pra terra querida que me viu nascer,
Já ouço sonhando o galo cantando,
O inhambu piando no escurecer,
A lua prateada clareando as estradas,
A relva molhada desde o anoitecer,
Eu preciso ir pra ver tudo ali,
Foi lá que eu nasci, lá quero morrer.


Belmonte e Amaraí possuíam as vozes mais afinadas e que "melhor se casavam" na época. No entanto, apesar do belíssimo entrosamento vocal, haviam freqüentes desentendimentos e separações esporádicas da dupla. E foi numa dessas brigas que Belmonte chegou a gravar um LP com Miltinho Rodrigues (o LP "Sucessos" - "Belmonte e Miltinho"); e chegou a se apresentar também com Andaraí ( Getúlio, que mais tarde formou a dupla Juraci e Marcito ele sendo Juraci), apesar de com ele não ter gravado nenhum disco.
Belmonte também chegou a participar no início da década de 1970 o do LP "Jóias da Música Brasileira" a convite de Geraldo Meirelles e, nesse disco, ele cantou 6 clássicos da música caipira raiz e folclórica acompanhado de coral e orquestra. Dentre elas, "Chuá, Chuá" (Pedro Sá Pereira, Marques Porto e Ary Pavão), "Rio de Lágrimas" (Lourival dos Santos, Tião Carreiro e Piraci) e "Negrinho do Pastoreio" (Barbosa Lessa).
Belmonte e Amaraí gravaram mais 5 LP's, tendo sido "Porque Fui te Conhecer" o último disco de carreira, lançado pouquíssimos dias depois do acidente que vitimou Belmonte em 09/09/1972. Neste último LP, saíram apenas 11 músicas, o que era pouco comum na época, já que a grande maioria dos LP's tinham 12 músicas, sendo 6 de cada lado. Acredita-se que a música que faltou tenha sido por causa do falecimento repentino do Belmonte antes da conclusão da gravação do disco, apesar de que, segundo Amaraí, todas as músicas programadas para o disco haviam sido gravadas.
Belmonte e Amaraí tornaram-se um marco dentro da música sertaneja, considerado por alguns como sendo os precursores do "sertanejo moderno". Eles inovaram na instrumentação incluindo harpa paraguaia, piano, bongô e trompetes, instrumentos musicais praticamente inéditos até então na música caipira.
A música caipira raiz também sofreu influência de diversos ritmos estrangeiros como se pode notar nas guarânias compostas por José Fortuna e interpretadas por Cascatinha e Inhana bem como a influência dos Mariachis Mexicanos em Pedro Bento e Zé da Estrada e também em Tibagi e Miltinho e Milionário e José Rico.
Belmonte e Amaraí também foram influenciados pela música folclórica mexicana (a qual possui em Miguel Aceves Mejia um de seus expoentes máximos) e além disso gravaram também versões de músicas de Nat King Cole e boleros de Augustin Lara (como por exemplo "Solamente Una Vez") e também músicas românticas que eram sucesso na voz de intérpretes populares como Roberto Carlos, como foi o caso de "Meu Pequeno Cachoeiro" (Raul Sampaio). E, de um certo modo "abusaram do pioneirismo" gravando a versão de "The Green Green Grass Of Home" - "Os Verdes Campos de Minha Terra" (Putman - Versão de Geraldo Figueiredo), no LP "Boa Noite Amor" lançado em 1968 (possivelmente o primeiro country na música caipira brasileira).
Belmonte também gostava de ouvir música no rádio do carro; viajava à noite, em vez de dormir, para ter idéias para as versões que queria compor.
Na curta porém expressiva carreira de Belmonte foram mais de uma centena de músicas gravadas, tendo sido cerca de 25 composições e versões de sua autoria, até que o trágico acidente de automóvel tirou sua vida, antes mesmo dele completar 35 anos. Inesquecível, a dupla "Belmonte e Amaraí" continua sendo solicitada e tocada nos programas sertanejos de diversas emissoras de rádio em todo o Brasil.
Seu companheiro Amaraí, por outro lado, seguiu cantando e gravando, formando também outras duplas, inclusive com Tibagi (o mesmo da dupla Tibagi e Miltinho), tendo feito também gravações em "carreira-solo". Foram mais de 40 LPs, os quais alcançaram ótimas vendagens.
Atualmente o Amaraí canta em dupla com seu filho Francis Douglas da Cunha, sendo que a nova dupla já teve o nome "Amaraí e Francis Jr." Atualmente a dupla formada por pai e filho utiliza o pseudônimo "Belmonte e Amaraí". Dupla que, por sinal, está lançando um CD e um DVD com os maiores sucessos de "Belmonte e Amaraí", com participações de eternos ídolos da música sertaneja, tais como o Tibagi (da dupla Tibagi e Miltinho), Dorinho, Iara e Ponteli (o mesmo Dorinho que fez parte da dupla Nenete e Dorinho) e Duo Ciriema.
A nova dupla "Belmonte e Amaraí" tem uma participação especial no CD "Meu Reino Encantado III" (gravado pelo Daniel em 2005), interpretando o inesquecível sucesso "Gente da Minha Terra" (Goiá e Amir).
Amaraí e seu filho Francis possuem a marca e a patente "Belmonte e Amaraí", que garante a eles a propriedade legítima e é o nome que a dupla usa atualmente com amparo legal da Lei.

Fonte: Recanto Caipira

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PROGRAMA BOM DIA FAMÍLIA: ANOTE A DICA

Benefícios do Limão para a Saúde
 

O Limão é um fruto que trás muitos benefícios para saúde. Veja a seguir suas qualidades:

É uma Fruta rica em vitamina b, tiamina, vitamina C, carboidratos, fósforo, proteína, cálcio entre outras, sem contar que os limões ainda contem a flavonóides antioxidantes que combatem o câncer.

O sumo do limão também ajuda a curar alguns machucados abertos, o único problema dessa maneira de curar machucados é que arde muito, pois o limão é uma fruta Cítrica.

Outro benefício que quase ninguém sabe é que ele tira dor de Dente. Aplicar limão nas espinhas e acnes faz bem a pele. Como vimos o limão serve para muita coisa, mas nunca passe limão e fique exposto ao sol, pois você poderá ficar manchada.

O limão previne a osteoartrite, a diabetes, a aftas, infecções estomacais, combate de vermes porque ajuda o intestino a funcionar melhor, previne o desenvolvimento e a progressão da aterosclerose e é um grande tônico para o fígado.

Viu, o limão tem mais benefícios do que você imaginava.

Fonte: www.not1.xpg.com.br